Barreiras: Mãe é suspeita de cometer crime

Uma investigação apura a suspeita da morte de um bebê cometida pela própria mãe em Barreiras, no extremo oeste baiano. Segundo a TV Oeste, a Polícia Civil informou que na casa da suspeita foram encontrados: uma panela queimada dentre do fogão e um saco com fragmentos de ossos, que podem ser humanos, também queimados. Os detalhes foram divulgados após dois meses de investigação. Conforme o delegado José Romero, tudo começou no dia 30 de maio. Na ocasião, familiares da criança registraram um boletim de ocorrência alegando que a mãe do bebê, uma jovem de 24 anos, teria doado a criança de forma ilegal. Rodrigues disse que nenhuma adoção tinha sido comprovada. Após passar por perícia prévia, o material encontrado na casa da suspeita foi encaminhado para Salvador para uma análise mais aprofundada. Em caso de confirmação de material humano, haverá análise de DNA. Se comprovada a identidade do bebê, a jovem de 24 anos pode responder por infanticídio, crime quando a mãe mata a criança ainda na barriga ou logo após o parto, ou homicídio qualificado.

Sobre Darlan Alves Lustosa 7976 Artigos
Darlan Lustosa é formosense que gosta da escrita e acredita que a política é um meio de transformação da vida das pessoas.Vive e mora em Formosa do Rio Preto, no extremo Oeste da Bahia, com registro profissional 6978/BA e sindicalizado, sobretudo para fortalecer a causa e defender direitos.
0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários