Comissão do Senado aprova feriado nacional em homenagem a Irmã Dulce

Projeto de senador Angelo Coronel ainda precisa ser analisado na Câmara dos Deputados

Foto: OSID/Divulgação)

Um projeto do Senador baiano Angelo Coronel, aprovado pela Comissão da Educação do Senado, cria o feriado de Santa Dulce dos Pobres e seria comemorado em 13 de março dia da morte do “Anjo Bom da Bahia. A proposta ainda precisa ser analisada na Câmara dos Deputados e, caso aprovada, necessita da sanção presidencial para entrar em vigor.

Irmã Dulce é a primeira santa genuinamente brasileira, canonizada em outubro de 2019. Santa Dulce dos Pobres tem o dia 13 de agosto como data oficial de celebração. O relator do projeto, senador Flávio Arns (Podemos-PA), ressaltou que esse dia já é tradicionalmente voltado à lembrança de Irmã Dulce na Bahia.

Trajetória da santa

Maria Rita de Sousa Brito Lopes Ponte nasceu em 1914 em Salvador e ficou conhecida como o “anjo bom da Bahia. Ingressou na vida religiosa como noviça na Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição, em São Cristóvão (SE). Em Salvador, passou a se dedicar a ações sociais. Em 1959, ocupou um galinheiro ao lado do Convento Santo Antônio e improvisou uma enfermaria para cuidar de doentes. Foi o embrião das Obras Sociais Irmã Dulce, que atualmente atende uma média de 3,5 milhões de pessoas por ano.

0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários