Comitiva internacional atesta algodão produzido no oeste da Bahia

Foto: Divulgação Abapa
Foto: Divulgação Abapa

O oeste da Bahia recebeu nesta semana, um grupo de 25 compradores internacionais de algodão em projeto organizado pela Abapa e inclui representantes da indústria textil e de “tradings” que vieram de Bangladesh, China, Colômbia, Indonésia, Turquia e Vietnã interessados no algodão nacional. Além da produtividade recorde, em torno de 320 arrobas por hectare, a safra de algodão 2017/2018 no está com a colheira 80% concluída e deve chegar a uma produção de 1,2 milhão de toneladas, sendo 520 em pluma.

Além de conhecer as instalações da cadeia produtiva, o presidente da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), Júlio Cézar Busato, afirma que o mais importante dessa missão é a troca de experiências e a possibilidade de negócios com os consumidores internacionais.

“A Bahia tem a maior produtividade do algodão em área de sequeiro do mundo e as condições climáticas são ideais para garantir uma qualidade da fibra bastante procurada no mercado têxtil. Somos altamente tecnificados, 75% da área plantada é certificada como sustentável com um selo do programa Algodão Brasileiro Responsável (ABR) e internacional por meio do Better Cotton Iniciative (BCI) e fazemos parte de uma cadeia produtiva que emprega mais de 40 mil pessoas na Bahia levando desenvolvimento e renda para todo o estado. Só temos com que nos orgulhar”, afirma.

 A comitiva que incorpora o projeto “Missão Compradores 2018” começou o ‘tour’ pela Bahia, e segue até sexta-feira (31), quando conhecerá a cadeia produtiva do algodão de outros dois estados produtores – Goiás e Mato Grosso.

Sobre Darlan Alves Lustosa 8004 Artigos
Darlan Lustosa é formosense que gosta da escrita e acredita que a política é um meio de transformação da vida das pessoas.Vive e mora em Formosa do Rio Preto, no extremo Oeste da Bahia, com registro profissional 6978/BA e sindicalizado, sobretudo para fortalecer a causa e defender direitos.
0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários