Ex-prefeitos de Porto Seguro e Eunápolis são conduzidos pela PF para prestar depoimento

Ex-prefeitos que são casados são suspeitos de ter desviado mais de R$ 200 milhões entre 2009 e 2017 através de fraudes de licitações.

Reprodução: A Tarde

Os ex-prefeitos de Porto Seguro, Cláudia Oliveira (PSD), e de Eunápolis (PSD), Robério Oliveira, foram conduzidos pela Polícia Federal para prestar depoimentos nesta quinta-feira (15).

Segundo o Jornal A Tarde, a assessoria da PF ainda não havia divulgado detalhes da ação de hoje, mas o casal é investigado no âmbito da Operação Fraternos, que investiga o desvio de recursos públicos destinados para a educação nos municípios.

De acordo com apuração do Ministério Público Federal, Robério e Cláudia seriam os líderes da organização criminosa que pode ter desviado mais de 200 milhões entre 2009 e 2017 através de fraude em 33 licitações. O MPF alegou que o casal teria praticado os crimes de fraude em licitações, associação criminosa, organização criminosa, crimes de responsabilidade, peculato, corrupção passiva, corrupção ativa e lavagem de dinheiro.

A acusação cita o envolvimento de ambos em irregularidades em licitações para o aluguel de veículos, compra de merenda escolar e também de sistemas de informação para as prefeituras da região. A investigação da Polícia Federal apontou indícios de conluio entre políticos e empresários.

0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários