Explosões na rede elétrica assustam moradores de Formosa do Rio Preto

Incidente ocorreu por volta das 23h de terça-feira (9). Moradores e empresários calculam prejuízos.

Estouros na rede elétrica, Formosa do Rio Preto, Bahia, Coelba, Concessionária de Energia Elétrica
Vários incêndios foram registrados em vários locais da cidade - Foto: Portal do Cerrado

Várias explosões na rede elétrica assustaram os moradores de Formosa do Rio Preto, na Bahia, pouco antes das 23h de terça-feira (9). A cidade ficou sem energia por alguns minutos, mas a situação se estabilizou em alguns pontos pouco tempo depois e em outros não.

O incidente gerou especulações sobre um possível assalto às agências bancárias locais, aumentando ainda mais o temor.

LEIA MAIS: Portal do Cerrado

O Portal do Cerrado registrou diversos incêndios em postes e algumas ruas da cidade permaneceram às escuras por um período prolongado. Incêndios foram registrados em vários pontos e vídeos compartilhados nas redes sociais mostram um clarão na cidade, além de chamas em postes e na rede elétrica de vários locais. Medidores de energia de empresas e residências foram completamente queimados, agravando a situação.

A diretora administrativa do Hospital Municipal Dr. Altino Lemos Santiago informou em um grupo de WhatsApp que diversos equipamentos da unidade hospitalar foram danificados. Empresários e moradores agora calculam os prejuízos.

Parte da Avenida Matriz, onde estão situadas duas agências bancárias, permanecia sem energia. Na agência do Bradesco, o medidor foi totalmente destruído, e o local estava sem energia até a meia-noite. Até a 1h da madrugada de quarta-feira (10), o site registrou uma única equipe técnica da concessionária realizando manutenção na rede elétrica na Rua da Ladeira, no centro da cidade.

Coelba, Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia, Rede elétrica, apagão, Formosa do Rio Preto, Bahia
Técnicos da Coelba fazem manutenção na rede elétrica em Formosa do Rio Preto, na Bahia – Foto: Portal do Cerrado

Moradores do bairro Projeto, relataram nas redes sociais novas explosões, depois das 2h da madrugada. Agora, os moradores de Formosa do Rio Preto aguardam esclarecimentos sobre as causas das explosões e medidas para prevenir futuros incidentes.

O Portal do Cerrado entrou em contato com a Coelba que em nota disse que a causa foi uma intermitência da subestação que atende o município, mas não especificou qual. A concessionária também disse que “triplicou o efetivo de profissionais na cidade para tratar os casos individuais e substituir os equipamentos de medição das unidades consumidoras afetadas pela situação”. (veja nota na íntegra)

NOTA NEOENERGIA COELBA

A Neoenergia Coelba esclarece que, por volta das 23h da última terça-feira (9), foi registrada uma intermitência na subestação que atende o município de Formosa do Rio Preto. De imediato, a distribuidora iniciou processos remotos que normalizaram o fornecimento de energia em cerca de 30 minutos. Nesta quarta-feira (10), a Neoenergia Coelba triplicou o efetivo de profissionais na cidade para tratar os casos individuais e substituir os equipamentos de medição das unidades consumidoras afetadas pela situação.

A distribuidora também irá aumentar a quantidade de profissionais na sua unidade de atendimento em Formosa do Rio Preto para receber as solicitações. A Neoenergia Coelba reforça que esta é uma situação atípica e que está alocando todos os esforços possíveis para mitigar os impactos para a população.

As solicitações também podem ser realizadas pelos canais de atendimento digitais da distribuidora, como o teleatendimento 116 e o site (www.neoenergia.com).

Sobre Darlan Alves Lustosa 8013 Artigos
Darlan Lustosa é formosense que gosta da escrita e acredita que a política é um meio de transformação da vida das pessoas.Vive e mora em Formosa do Rio Preto, no extremo Oeste da Bahia, com registro profissional 6978/BA e sindicalizado, sobretudo para fortalecer a causa e defender direitos.
0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários