Falsa dentista é presa por exercício ilegal da profissão no Sul do Piauí

Técnica em Prótese Dentária atendia como Cirurgiã Dentista em Sebastião Barros e foi apresentada na Delegacia de Polícia Civil de Corrente também na mesma região.

Técnica em Prótese Dentária atendia em uma Unidade Básica de Saúde em Sebastião Barros - Foto: CRO/PI

O Conselho Regional de Odontologia do Piauí, flagrou nesta segunda-feira (23) uma técnica em prótese dentária, exercendo ilegalmente a profissão de cirurgiã dentista no município de Sebastião Barros no Sul do estado. Após o flagrante, ela foi conduzida para a Delegacia da Polícia Civil em Corrente/PI e autuada pelo exercício ilegal da Odontologia. Ela também responderá perante o Conselho de Ética do Conselho Regional de Odontologia do Piauí.

A operação conjunta com a Polícia Civil de Corrente (PI), fiscais do Conselho Regional de Odontologia – CRO/PI flagraram a mulher, identificada como E.M.C, atendendo um paciente no consultório odontológico da Unidade Básica de Saúde Raimunda Lisboa de Freitas, localizada no centro do município.

TPD trabalhava na Unidade Básica de Saúde de Sebastião Barros (PI) – Foto: Conselho Regional de Odontologia /PI

A fiscalização do CRO/PI averiguou por meio de relatos de testemunhas, que o atendimento ilegal da técnica já ocorria há cerca de 6 meses. Segundo o CRO/PI, o desempenho das atividades profissionais do Técnico em Prótese Dentário se restringe ao ambiente do laboratório de próteses. É proibida a manipulação de pacientes, devendo trabalhar exclusivamente em cima das moldagens realizadas pelo cirurgião dentista.

De acordo com o Conselho, fotos divulgadas pela própria mulher em redes sociais, sugerem que ela fazia outros procedimentos exclusivos do cirurgião dentista. Ela também mantém um laboratório de próteses irregular, sem o devido registro no Conselho Regional de Odontologia do Piauí. Em nota, o Conselho informou que investigará se o laboratório fornece próteses para a Secretaria de Saúde do município de Sebastião Barros.

A ação do CRO PI em Sebastião Barros fez parte da Operação Odontologia Legal, iniciada em março/22 e que já fiscalizou dezenas de profissionais, clínicas odontológicas e Unidades Básicas de Saúde.

0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários