Homem se apresenta e confessa assassinato de comerciante em Luís Eduardo Magalhães

Comerciante foi morto na madrugada do último dia (15). Laudo indica que a vítima levou cinco tiros na cabeça e nas costas.

Uma investigação da Polícia Civil chegou ao responsável pela morte do empresário Francisco Wellysson da Cruz Cardoso, de 33 anos. O crime ocorreu na madrugada do dia 15 de dezembro em Luís Eduardo Magalhães. (veja aqui) Conforme o G1, o acusado, que não teve a identidade revelada, se apresentou à polícia na quarta-feira (21) e confessou o homicídio.

A namorada dele é procurada por suspeita de envolvimento com o caso. Em depoimento, o acusado contou que era amigo da vítima há muitos anos, mas que sofria ameaças de morte por parte do empresário, por motivos não revelados. A polícia suspeita que o crime tenha sido motivado por ciúmes.

No dia do crime, imagens de câmeras de segurança mostram os dois bebendo juntos pouco antes do ocorrido. A namorada do suspeito, que também não teve o nome revelado, estava no local, e segundo o acusado, ela foi em casa buscar uma arma usada no crime.

Uma equipe do Samu foi acionada, mas o empresário não resistiu. Pelo laudo do Departamento de Polícia Técnica (DPT), a vítima sofreu cinco disparos que atingiram as costas e a parte de trás da cabeça. Logo após depoimento, o acusado foi liberado por não haver uma representação contra ele.

0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários