Adelar Elói aumenta investimento e deve atender mais de 9 mil famílias em Formosa do Rio Preto com vales-compras de R$ 150

Adelar deve investir a impressionante soma de quase um milhão e meio de Reais.

Adelar Elói em distribuição dos vales-compras na comunidade quilombola de Buritizinho - Foto: Divulgação

O investidor Adelar Elói deseja atender todas as famílias de Formosa do Rio Preto, distribuindo vales-compras no valor de R$ 150,00. De início a ideia era distribuir somente 3 mil vales de R$ 150 com valores totais que chegariam a R$ 450 mil. Dada as necessidades das pessoas observadas pelo investidor, ele aumentou o quantitativo para 4 mil e em seguida para 6 mil vales-compras. Agora ele deseja atingir quase 100% da população com suas doações voluntárias.

Com a distribuição dos vales-compras à população, o comércio tem sentido os efeitos da ação do investidor. Adelar faz questão de movimentar o comércio local na aquisição dos produtos. Esta semana, um comerciante usou um serviço de carro de som para fazer uma agradecimento público a Adelar Elói pelas ruas da cidade.

VEJA TAMBÉM:

Para atender os formosenses, em uma quantidade estimada em quase 10 mil famílias, Adelar deverá investir a impressionante soma de quase um milhão e meio de Reais com a distribuição dos vales-compras no valor de R$ 150, que pode ser trocado no comércio por mantimentos.

Adelar revelou ao site, que onde houver um formosense, fará questão de entregar o vale-compra. “Se tiver uma pessoa de Formosa morando no meio do mato, no lugar mais longe ela vai receber“, disse o investidor.

De acordo com o gaúcho, morador do pequeno município do Oeste baiano, ao contrário do que pensava, foi constatado que no Centro da cidade tem muita gente com necessidades, e essa foi mais uma das razões de continuar a distribuição dos kits para aquisição de alimentos por parte dos moradores. Outra razão, são as localidades mais distantes da sede do maior município da Bahia e, há localidades que ficam há mais de 100 km do centro da cidade.

Agora depois de atender moradores da cidade e localidades circunvizinhas, como Arroz, a comunidade quilombola do Buritizinho/ Barra do Brejo, além das agrovilas, Canabrava, ele deverá visitar a região do Gerais, depois do São Marcelo, que já foi atendida por ele.

0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários