Jerônimo e Secretaria da Educação se reúnem com o ministro Camilo Santana, em Brasília

Adélia Pinheiro, secretária estadual da pasta pautou as prioridades da área no Estado

Foto: Márcia Espíndola/ Divulgação

O governador Jerônimo Rodrigues (PT) e a secretária Adélia Pinheiro se reuniram nesta quinta-feira (26), com o ministro da Educação, Camilo Santana, em busca de investimentos federais para o Estado. Durante a audiência, em Brasília, a titular da pasta estadual fez um panorama dos investimentos realizados pelo governo do Estado e pediu o apoio de verbas federais para o fortalecimento de programas estratégicos.

Na oportunidade, a secretária pautou a modernização completa da rede física escolar do Estado, que já conta com mais de R$ 5 bilhões de recursos próprios aplicados na construção de novas escolas e dos Complexos Poliesportivos Educacionais, além da ampliação com modernização das unidades escolares existentes.

Adélia também pontuou a repactuação com entes municipais para a retomada das obras inacabadas, bem como as creches, para fortalecer o regime de colaboração e a capacidade instalada das redes municipais.

“Efetivamente, o que obtivemos, além do diálogo reestabelecido, o que é um ponto muito importante para nós, foi a sinalização de que o presidente Lula deve, nos próximos dias, anunciar uma ação logo emergencial sobre a alimentação escolar, mas também atuando com o incentivo à Educação Integral e outras questões, que são estratégicas para nós, na Educação, e que vão nos auxiliar muito na Bahia para que avancemos mais ainda”, disse

Sobre Darlan Alves Lustosa 7981 Artigos
Darlan Lustosa é formosense que gosta da escrita e acredita que a política é um meio de transformação da vida das pessoas.Vive e mora em Formosa do Rio Preto, no extremo Oeste da Bahia, com registro profissional 6978/BA e sindicalizado, sobretudo para fortalecer a causa e defender direitos.
0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários