Mais de 50 policias tentam encontrar caseiro que matou três pessoas em Goiás

Wanderson, o criminoso está sendo procurado pela polícia de Goiás - Divulgação

Uma força-tarefa composta por mais de 50 policiais militares e civis foi formada pela Secretaria de Segurança Pública de Goiás para encontrar Wanderson Mota Protácio, 21 anos, acusado de matar a própria mulher, que estava grávida de quatro meses, a enteada de 2 anos e um fazendeiro, na região de Corumbá de Goiás (GO)

De acordo com o portal Metrópoles, as buscas têm como um dos focos principais a região de mata de Abadiânia (GO), onde o homem estaria escondido.

De acordo com as informações divulgadas, após cometer, o duplo homicídio, da sua enteada e da mulher, ele teria fugido até a fazenda de seu patrão, onde furtou um revólver com seis munições. Em seguida, seguiu até uma propriedade vizinha e teria matado um fazendeiro a tiros para roubar a caminhonete dele.

A Polícia Civil confirmou que foi criada uma força-tarefa envolvendo agentes de Anápolis e até da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Rurais para achar Wanderson. “As equipes tentam localizar o suspeito para efetuar a prisão ainda em flagrante delito”, diz o texto.

Policiais militares de Corumbá, Abadiânia, Anápolis e representantes da tropa de Goiânia fazem parte da operação. A Segurança Pública do estado tenta evitar que o caso se prolongue e não se transforme em um novo caso Lázaro

0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários