Novos vereadores são empossados em Muquém do São Francisco após decisão da Justiça

Partido foi acusado de fraudes com candidaturas fantasmas de mulheres. Cassações de cinco vereadores do PSB foram determinadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Imagem: Reprodução: Gazeta 5

Após decisão do TSE – Tribunal Superior Eleitoral, cinco novos vereadores foram empossados em Muquém do São Francisco, no Oeste da Bahia na última quarta-feira (23). Em agosto, cinco vereadores do PSB – Partido Socialista Brasileiro tiveram mandatos cassados por fraudes na cota de gênero das candidaturas no município. (leia aqui)

Segundo o g1, Cristiane Gomes de Santana, Iranete do Nascimento Oliveira e Adriana Pereira da Silva se candidataram, mas não fizeram campanhas e não promoveram as próprias candidaturas. Além disso, elas foras as únicas que não receberam kits de campanha. Todas não contabilizaram os próprios votos. As três tiveram inelegibilidade determinada pelo TSE.

Vereadores de Muquém do São Francisco têm mandatos cassados por fraudes – Foto: TSE | Montagem Portal do Cerrado

Com isso, houve um novo cálculo do quociente eleitoral partidário e Ailson Selis, Nando, Robson do Céu, Nitin do Javi e Nice de Santa Bárbara, todos do PSB, foram cassados. Ailson inclusive foi o mais votado no município na eleição de 2020.
.

Assumiram cadeiras na Câmara Municipal os suplentes Alenídio Braz da Silva, Rivaldo Batista Soares, Flávia Almeida Pereira, Lindinalva Alves da Cruz dos Santos e Marcilene Pereira.

Na sessão solene de posse, os novos vereadores apresentaram os seus diplomas de posse, as declarações de bens e fizeram os juramentos perante a tribuna. Eles seguem no mandato até o final de 2024.

0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários