Objeto descoberto na Bahia foi consumido pelo fogo no Museu Nacional

Foto: ReproduçãoBlog Geografia do Piemonte da Diamantina e Gaturamo Observatório Astronômico Montagem: Portaldo Cerrado.com

O incêndio que atingiu ontem (02) o Museu Nacional na Quinta da Boa Vista no Rio de Janeiro, pode ter destruído a Preguiça Gigante de Jacobina. O objeto é um dos cerca de três milhões de itens que eram abrigados no Museu, instituição mais antiga do Brasil e que foi criada por Dom João VI, em 06 de junho de 1818 e, inicialmente sediada no Campo de Sant’Ana.

A Preguiça foi encontrada entre os anos de 60 e 70 do século passado, na Gruta da Onça no distrito de Caatinga do Mouro, no município de Jacobina, piemonte diamantino e teria um comprimento de 6 metros, com 4 metros de altura e pesada em torno de 5 toneladas.

No Museu também estava o Meteorito Bendegó, descoberto em 1784 em Monte Santo (BA) na região do sisal da Bahia e foi transferido para o Rio de Janeiro em 1888. Resistente a altas temperaturas, o meteorito foi uma das poucas peças que resistiu ao fogo.

Com mais de 5 toneladas, medindo 2,15 metros de comprimento por 1,5 de altura e 65 de espessura. É o maior meteorito encontrado em solo brasileiro. A época era considerado o segundo maior do mundo e hoje ocupa a 16ª posição.

 

Sobre Darlan Alves Lustosa 8004 Artigos
Darlan Lustosa é formosense que gosta da escrita e acredita que a política é um meio de transformação da vida das pessoas.Vive e mora em Formosa do Rio Preto, no extremo Oeste da Bahia, com registro profissional 6978/BA e sindicalizado, sobretudo para fortalecer a causa e defender direitos.
0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários