Para vice de comitê da ONU há obrigação de cumprir decisão sobre Lula

Para a vice-presidente do comitê de Direitos Humanos, da Organização das Nações Unidas, o Brasil deve cumprir imediatamente a recomendação do órgão para permitir a candidatura do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva.

A americana Sarah Cleveland, que é professora de direito da Universidade de Colúmbia em Nova York disse ao site UOL tratar-se de medida  urgente e que deve ter efeito imediato. Sarah diz ainda que o comitê não é uma corte mas o Brasil é signatário de vários tratados  e a posição do comitê é que o Brasil tem obrigação legal de cumprir o pedido.

“Em outras palavras, o Brasil é legalmente obrigado a acatar”,

acrescentou a jurista. Caso não cumpra o requerimento, explicou Cleveland, o Estado brasileiro estaria

“violando” as suas obrigações legais sob o Pacto Internacional sobre Direitos Civis e Políticos, cuja implementação é monitorada pelo comitê.

Sobre Darlan Alves Lustosa 7976 Artigos
Darlan Lustosa é formosense que gosta da escrita e acredita que a política é um meio de transformação da vida das pessoas.Vive e mora em Formosa do Rio Preto, no extremo Oeste da Bahia, com registro profissional 6978/BA e sindicalizado, sobretudo para fortalecer a causa e defender direitos.
0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários