PF e MPF cumprem 5 mandados de prisão no Rio e Campo Formoso (BA)

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Operação deflagrada hoje (04) pela Polícia Federal, dentro da força tarefa da Operação Lava Jato, cumpre 05 mandados de prisão. Dois deles na cidade de Campo Formosa na Bahia onde foi preso Gilvan da Silva Diniz. Há um mandado de prisão contra outro homem na cidade, mas ele ainda não foi encontrado.

Também estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão em endereços de nove pessoas e três empresas.

A chamada Operação Marakata é um desdobramento da Operação Câmbio Desligo e investiga um esquema de comércio ilegal de pedras preciosas e semipreciosas para lavafgem de dinheiro e evasão de divisas.

Segundo o Ministério Público Federal (MPF), entre 2011 e 2017 essas transações movimentaram 44 milhões de dólares (aproximadamente R$ 180 milhões) em duas contas internacionais.

Ainda de acordo com o MPF, o esquema tinha ligação com a rede de negócios de Dario Messer, conhecido como “doleiro dos doleiros”, cujas transações irregulares movimentaram mais de 1,6 bilhão de dólares em contas de 3 mil empresas offshoreem 52 países, e que tinha como cliente o ex-governador Sérgio Cabral (denunciado na Câmbio Desligo junto com Messer). Cabral está preso no Rio.

Entre os alvos da Operação Marakata figuram Marcello Luiz Santos de Araújo e Daisy Balassa Tsezanas, sócios-administradores da empresa Comércio de Pedras O S Ledo.

Segundo o MPF, eles trabalham comprando esmeraldas e outras pedras de garimpos na Bahia e as exportam para empresários indianos usando notas fiscais e invoicesfalsos (termo em inglês equivalente a uma nota fiscal no mercado internacional).

A O S Ledo é investigada pelo MPF e pela Polícia Federal por ter status equiparado ao de doleiros que forneciam dólares no exterior para as operações de compensação paralela que vieram a público na Operação Câmbio Desligo.

Sobre Darlan Alves Lustosa 8004 Artigos
Darlan Lustosa é formosense que gosta da escrita e acredita que a política é um meio de transformação da vida das pessoas.Vive e mora em Formosa do Rio Preto, no extremo Oeste da Bahia, com registro profissional 6978/BA e sindicalizado, sobretudo para fortalecer a causa e defender direitos.
0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 Comentário
Mais antigas
O mais novo Mais Votados
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
António Caldas

Informativo CCGA: Como evitarem serem presos pela Policial Federal, como ocorrido hoje em Campo Formoso na Bahia, saia do golpe de invasão de Portaria/PLG, e produzam e tirem suas notas fiscais na pessoa física, sem o golpe de PLG por meio de cooperativas, sindicatos, ou CNPJ. Veja como você vai tirar sua Nota Fiscal e poderá vender suas gemas ou esmeraldas produzidas em Reservas/Colônias garimpeiras no Brasil, como em Carnaíba, Pindobaçu na Bahia, que é legalizada por uma concessão de lavra ministerial, Portaria 119/1997, atributos do inciso I do art. 2º, e inciso II do art. 6º, e arts. 43,… Leia mais »