Polícia Federal faz operação em Xique-Xique e Corrente contra quadrilha do ‘novo cangaço

Operação com em conjunto com o GAECO também acontece em São Paulo e no Maranhão.

Operação BAAL da Polícia Federal acontece em Xique-Xique na Bahia, Corrente, no Sul do Piauí e nos estados de São Paulo e Maranhão contra quadrilha do 'novo cangaço
Armas de fogo e munições utilizadas pelo grupo nas ações eram fornecidas por CAC’s - Foto: Polícia Federal

A Polícia Federal, em trabalho conjunto com o GAECO da capital paulista, deflagrou na manhã desta terça-feira (21/5), a Operação BAAL, com o objetivo de desmantelar uma organização criminosa voltada à prática de roubos nas modalidades “domínio de cidade” e “novo cangaço”. A operação ocorre em São Paulo, Bahia, Maranhão e Piauí. As informações e texto são da PF (veja abaixo)

Conforme a Polícia Federal, tais ações constituem uma modalidade de conflito proveniente da evolução de crimes violentos contra o patrimônio, no qual grupos criminosos subjugam a ação do poder público por meio do planejamento e execução de roubos que causam um verdadeiro terror social.

LEIA MAIS: Portal do Cerrado

Operação BAAL da Polícia Federal acontece em Xique-Xique na Bahia, Corrente, no Sul do Piauí e nos estados de São Paulo e Maranhão contra quadrilha do 'novo cangaço
Operação BAAL da Polícia Federal acontece em Corrente no Sul do Piauí, Xique-Xique, na Bahia e nos estados de São Paulo e Maranhão – Foto: Polícia Federal

A investigação teve início a partir de informações provenientes da tentativa de roubo a uma base de valores ocorrida em abril de 2023, na cidade de Confresa, no Mato Grosso. Na ocasião, vários criminosos foram presos ou mortos no confronto com as forças de segurança, sendo que um deles residia em São Paulo e integrava uma organização criminosa. 

Os elementos colhidos revelaram que essa e outras ações semelhantes foram financiadas por integrantes da organização criminosa que também atuam no tráfico de drogas e na lavagem de capitais. Além disso, constatou-se que os principais fornecedores das armas de fogo e das munições utilizadas pela organização criminosa são CAC’s (Colecionador, Atirador Desportivo e Caçador).

No total, foram cumpridos 13 mandados de prisão temporária e 24 mandados de busca e apreensão domiciliar em São Paulo, Osasco, Santo André, São Bernardo do Campo, Guarulhos, Piracicaba, Mairinque, Buri no estado de São Paulo, Xique-Xique, na Bahia, Timon no Maranhão e Corrente, no Sul do Piauí.

Também foram adotadas medidas de cunho patrimonial visando a descapitalização financeira da organização criminosa, como o bloqueio de contas e o sequestro de bens com limite de até R$ 4 milhões.

As ações de hoje contaram, ainda, com o apoio operacional de equipes da ROTA, da 10ª Companhia de Força Tática e do 10º BAEP da Polícia Militar do Estado de São Paulo.

Contudo, não há ainda informações precisas sobre prisões nas cidades da Bahia e do Sul do Piauí.

Sobre Redação 6089 Artigos
Perfil da redação do site Portal do Cerrado, site com notícias do Brasil, Bahia e em especial a região Oeste do estado
5 1 voto
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários