Saúde da Bahia alerta para risco de queimaduras nos festejos juninos

Secretaria Estadual da Saúde reforça atendimento nos centros de tratamento especializados

Após dois anos com festejos juninos suspensos em função da pandemia, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia alerta a população que pretende aproveitar as festas para o perigo de acidentes com fogos de artifício e fogueiras.

Dados das duas principais unidades hospitalares especializadas em tratamento de queimados da rede estadual, o HGE – Hospital Geral do Estado e o HRSAJ-Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, referentes aos últimos 4 anos, mostram um acréscimo nos números de acidentes no período entre 20 e 30 de junho, quando comparados os dois anos com festejos (2018 e 2019) e os dois sem festejos e com pandemia (2020 e 2021).

No estado da Bahia, 3 unidades com CTQ – Centro de Tratamento de Queimados ganharam reforço nos plantões durante o período: o HGE – Hospital Geral do Estado , o HRSAJ-Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus e o HO – Hospital do Oeste. O CTQ é uma espécie de UTI com médicos plantonistas, enfermeiros, técnicos de enfermagem e fisioterapeutas 24 horas.

Número de queimados

No HGE – Hospital Geral do Estado foram registrados 90 casos de acidentes em 2018; 85 em 2019; 31 em 2020 e 45 em 2021. Ou seja: os números foram 43% maiores nos anos sem pandemia e com festas.
Já no Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus foram contabilizados 14 casos em 2018; 18 em 2019, 11 em 2020 e 10 em 2021.


Do dia 1º de junho até esta quarta-feira, 22, o HGE já havia registrado 27 acidentes referentes a explosão de bombas e queimaduras com fogueiras. No HRSAJ foram 13.

0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários