Ex-governador da Bahia e prefeito de Guanambi, Nilo Coelho renuncia ao cargo

Arnaldo Pereira de Azevedo assumiu a prefeitura do município que fica no sudoeste do estado. Coelho é dono de terras em Formosa do Rio Preto

Nilo Coelho, Renúncia, Prefeito do Brasil, Prefeito de Guanambi, Guanambi, Bahia, Governado da Bahia
Nilo Coelho integrou como vice a chapa vitoriosa de Waldir Pires ao governo da Bahia, em 1986 - Foto: Política Livre

Nilo Coelho, ex-governador da Bahia e prefeito de Guanambi, no Sudoeste do estado, renunciou ao cargo na sexta-feira (10). O agora ex-prefeito, tem laços com Formosa do Rio Preto, onde é dono de uma larga faixa de terra na região da Lapa, na zona rural do município. Nilo tem 80 anos.

O político baiano informou através do site da prefeitura que decidiu pela aposentadoria e disse que a medida foi fruto de reflexões pessoais. No lugar dele, o vice-prefeito Arnaldo Pereira de Azevedo assume a prefeitura do município.

LEIA MAIS: Portal do Cerrado

“Quero deixar claro que se trata de um novo capítulo nesta história de amor. Pretendo buscar novas formas de contribuir para o bem-estar e progresso de minha terra. Quero expressar meu mais profundo agradecimento por todo o apoio, confiança e oportunidade de servir à minha amada Guanambi e a Bahia. Tenho imenso orgulho de tudo que conquistamos juntos. Estejam certos de que permaneço comprometido com as causas que defendemos juntos”, disse Nilo, ao comunicar oficialmente o seu desligamento do mandato municipal.

Nilo Coelho, ex-governador da Bahia e prefeito da cidade de Guanambi, renuncia cargo de prefeito — Foto: Reprodução/Prefeitura de Guanambi

Nilo Coelho foi eleito prefeito pela primeira vez em 1982. Depois repetiu a façanha por mais três vezes. A última em 2020. Eleito deputado federal, vice-governador, assumindo o lugar de Waldir Pires, após a renúncia deste em 1989.

Coelho havia sido convidado para integrar como vice na chapa vitoriosa de Pires ao governo da Bahia em 1986. Com a renúncia de Waldir, dois anos depois, Nilo tornou-se governador. Contudo, nos dois anos que se seguiu, o governo revelou-se impopular.

Depois dele, o carlismo, que havia comandado a Bahia por 15 anos, retornou ao poder com facilidade em 1990, e ocuparia o governo da Bahia e as principais posições políticas no estado até a vitória de Jaques Wagner, do PT, em 2006.

Em outubro deste ano, Nilo recebeu a visita do governador Jerônimo Rodrigues (PT), após o lançamento do projeto de irrigação do Vale do Iuiú, promovido no município pelo governo do Estado, em parceria com o governo federal.

Nilo Coelho e Jerônimo Rodrigues – Foto: Divulgação

.

Sobre Redação 5971 Artigos
Perfil da redação do site Portal do Cerrado, site com notícias do Brasil, Bahia e em especial a região Oeste do estado
0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários