Homem que estava em veículo que matou criança em Luís Eduardo Magalhães, morre em confronto com a PM de Goiás

Acusado fugia de cerco da Polícia Militar da Bahia. Segundo a PMGO, ele fazia escolta de veículos associados ao tráfico no momento do confronto.

Fotos: Redes Sociais e TV Oeste/ Montagem: Portal do Cerrado

O homem acusado de estar em um veículo que atropelou e matou uma criança de 8 anos em Luís Eduardo Magalhães, enquanto fugia de um cerco da Polícia Militar da Bahia em fevereiro desde ano, morreu na segunda-feira (21), em confronto com a Polícia Militar de Goiás. Segundo a PMGO, Jorge Luís Almeida dos Santos, de 32 anos, considerado de alta periculosidade, fazia escolta de veículos envolvidos no tráfico interestadual de tráfico de drogas no momento da ação.

Ainda de acordo com a PMGO, equipes da CPE Companhia de Policiamento Especializado, bloquearam um trecho da BR-070, depois de identificar os veículos. A PMGO informou que houve tentativa de fuga e troca de tiros e o acusado morreu.

A polícia informou também que ele tinha antecedentes por porte ilegal de arma em 2021, receptação em 2020, tráfico de drogas em 2019, roubos a estabelecimentos comerciais em 2018 e 2020 além da acusação do atropelamento da criança. Uma pistola 9mm e um veículo foram apreendidos na operação.

Foto: Reprodução: Redes Sociais

Jorge Luís era natural de Ruy Barbosa na Bahia.

Relembre o caso

Uma menina de oito anos, identificada como Maysa da Silva Abreu, morreu depois de ter sido atropelada por um carro com dois homens, que era perseguido pela Polícia Militar da Bahia. O acidente aconteceu na quinta-feira (10), no bairro Jardim das Acácias, em Luís Eduardo Magalhães. Na época, um homem morreu em confronto com a polícia.

Testemunhas disseram que um grupo de crianças brincava de bicicleta na rua, quando ouviram o som da sirene da viatura e de tiros. Todas correram para tentar se proteger, contudo, Maysa foi atingida por um carro quando tentava voltar para casa.

Maysa da Silva Abreu morreu após ser atropelada durante perseguição policial em Luís Eduardo Magalhães -Foto: Reprodução

0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 Comentário
Mais antigas
O mais novo Mais Votados
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Deixa quieto

Não deu nem de sair do segundo parágrafo. Eita editor péssimo. Não sabe redigir um texto?Dê ao menos a oportunidade para alguém que saiba. Pague alguém para isso e pare de passar vergonha.