MPT abre inquérito para apurar morte de trabalhador soterrado em silo de soja em Luís Eduardo Magalhães

Corpo do trabalhador foi achado pelo Corpo de Bombeiros, seis horas após acidente.

Trabalhador morre soterrado em silo com 400 toneladas de soja em fazenda em Luís Eduardo Magalhães, no Oeste da Bahia — Foto: Corpo de Bombeiros

O Ministério Público do Trabalho da Bahia (MPT-BA) abriu na terça-feira (17) um inquérito para apurar a morte do funcionário soterrado em silo com 400 toneladas de soja em uma fazenda de Luís Eduardo Magalhães, no oeste da Bahia. As informações são do g1.

O caso aconteceu na segunda-feira (16) e o corpo de Carleandro Almeida Marques, de 27 anos, foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros seis horas após o acidente. (leia aqui)

De acordo com o Corpo de Bombeiros, as testemunhas contaram que a vítima teria entrado, por iniciativa própria, sem equipamentos de proteção individual no local, onde foi sugado pela gravidade do sistema de escoamento do silo. Essa versão que será investigada pela Polícia Civil.

O MPT vai solicitar informações da empresa envolvida e dos órgãos que atuam no caso.

0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários