Corpo de criança desaparecida em acidente na BR-242 na Bahia é localizado

Corpo estava na frente da carreta localizado por um cão farejador dos Bombeiros.

Criança desapareceu após acidente na BR-242 na altura da Serra da Mangabeira, próximo à Oliveira dos Brejinhos, na Bahia. - Foto: Divulgação

Com g1 e Gazeta 5

As buscas por Alecsandra Sophia Gonçalves Torres, de 4 anos, que desapareceu após um acidente entre um caminhão e uma carreta na BR-242, no trecho da Serra da Mangabeira e a Oliveira dos Brejinhos, na Bahia, foram encerradas nesta quarta-feira (25), após o corpo dela ser localizado, no início da tarde.

De acordo com familiares ao Gazeta 5, um cão farejador do Corpo de Bombeiros localizou o corpo na parte da frente da carreta. A própria mãe fez o reconhecimento. Informações do tio da garota nas redes sociais, é que a mãe e a avó dela passaram mal sendo encaminhadas a uma unidade de saúde.

As buscas foram suspensas na noite de ontem e retomadas na manhã de hoje com auxílio de dois cães farejadores deslocados de Salvador e trabalhavam nas buscas. Mais de 60 pessoas do Corpo de Bombeiros, brigadistas voluntários Anjos da Chapada, familiares e moradores da região estavam envolvidos nas buscas

A menina e um casal de tios viajavam de Salvador para Barreiras, na região Oeste da Bahia, quando houve a colisão na segunda-feira (23) por volta das 10h da manhã. Desde então, as buscas foram iniciadas, depois que a criança não foi encontrada.

Na colisão, o motorista do caminhão carregado com bois morreu e uma mulher que estava na carreta ficou gravemente ferida e encaminhada para o Hospital Regional de Seabra, na Chapada Diamantina. Não há informações do estado de saúde dela.

A colisão ocorreu após a carreta com bobinas invadir a pista contrária. Com a manobra, o veículo bateu de frente com um caminhão de frete e os dois pegaram fogo. A criança estava na carreta com bobinas. Informações é que o veículo perdeu os freios.

O avô da criança, é morador da localidade de Intans, em Formosa do Rio Preto, na Bahia, e viajou para Barreiras, para a casa das filhas, de onde acompanhava as buscas. (leia aqui)

0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários