MPT abre inquérito para apurar mortes em silo de soja no Oeste baiano

Este é o terceiro caso de acidente grave em silos na região Oeste da Bahia somente este ano.

alt=bombeiro acessa silo com 50 toneladas de soja para resgatar corpos de trabalhadores
As vítimas ficaram soterradas em um silo com cerca de 50 toneladas de soja - Foto: 17ª GBMBA/Barreiras

O MPT – Ministério Público do Trabalho, informou que abriu nesta segunda-feira (30), inquérito para apurar as responsabilidades sobre o acidente que ocasionou a morte de dois trabalhadores em um silo de soja em uma fazenda na BR-242 entre os municípios de Barreiras e Luís Eduardo Magalhães, no Oeste da Baia.

O MPT já investiga outros dois acidentes, ocorridos em janeiro deste ano, na região Oeste da Bahia, considerada uma das maiores produtoras de grãos do país.

 O acidente de trabalho aconteceu no último sábado (28), quando os dois homens ainda não identificados foram sugados pelo equipamento de armazenagem de grãos. O nome do empregador responsável pela segurança dos empregados também não foi revelado nas informações preliminares divulgadas pela imprensa local. (leia aqui) Conforme o Corpo de Bombeiros o silo tinha profundidade de cerca de 20 metros.

Em nota, o MPT disse que irá solicitar informações junto a Policia Civil e ao Corpo de Bombeiros e aguardará o relatório de inspeção que será feito pelos auditores-fiscais do trabalho da Gerência Regional do Trabalho de Barreiras. O inquérito poderá resultar na proposta de um termo de ajuste de conduta ou em uma ação judicial caso se confirmem os descumprimentos de normas de saúde e segurança do trabalho.

No dia 16, um trabalhador de 27 anos morreu soterrado em um silo de farelo de soja. O caso aconteceu em uma fazenda na cidade de Luís Eduardo Magalhães, na mesma semana, outro trabalhador saiu gravemente ferido após cair de um elevador em outro silo, desta vez em Barreiras.

Todos os casos estão sob investigação do MPT.

Sobre Darlan Alves Lustosa 7981 Artigos
Darlan Lustosa é formosense que gosta da escrita e acredita que a política é um meio de transformação da vida das pessoas.Vive e mora em Formosa do Rio Preto, no extremo Oeste da Bahia, com registro profissional 6978/BA e sindicalizado, sobretudo para fortalecer a causa e defender direitos.
0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários